sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Dilma Rousseff anuncia ações de combate à seca para o RN e demais estados do NE


As ações de combate à seca serão ampliadas no RN com apoio do Governo Federal. A boa notícia foi anunciada pelo governador em exercício Ezequiel Ferreira após reunião nesta quinta-feira (19) junto com os governadores do Ceará, Pernambuco, Paraíba e a presidente Dilma Rousseff no Palácio do Planalto em Brasília.
 
Ao lado do secretário estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Mairton Franca, Ezequiel apresentou o andamento das obras e ações de combate à seca no Rio Grande do Norte e pleiteou apoio da presidente Dilma para ações emergenciais como a perfuração de novos poços no Estado e o aumento na quantidade e oferta de água nos carros pipa que abastecem o interior do Estado. "Precisamos de apoio nas ações emergenciais com celeridade. A boa notícia é que vamos ampliar as ações no RN", destaca o gestor interino.
 
No primeiro momento da reunião, um representante do IMPE apresentou um panorama meteorológico enfatizando a consolidação do "El Nino". As previsões ratificam estações de chuvas com volumes abaixo da média. Em seguida, o ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi apresentou um relatório das acoes que já foram executadas nos estados nordestinos.
 
Após duas horas de reunião, a presidente Dilma anunciou um pacote de novas ações no planejamento para ser iniciado ainda este ano. As acoes contemplam projetos para adutora de montagem rápida; aquisição de dessalinizadores; perfuração de poços de alta vazão; estações de tratamento de água compactas; carros pipa para zonas urbanas e obras de adaptação para captação do Rio São Francisco. Todas as ações têm financiamento previsto no Orçamento Geral da União (OGU).
 
Na avaliação do governador em exercício, Ezequiel Ferreira, o plano detalhado de respostas (PDR) apresentado pelo Governo do Estado poderá ser incrementado a partir das novas possibilidades anunciadas pela presidente.
 
O secretário de Recursos Hídricos, Mairton Franca reforçou durante a reunião que o RN foi um dos poucos estados que apresentou o PDR no formato exigido pela Secretaria Nacional da Defesa Civil. "O RN detém um aquífero de alta produtividade a partir do qual poderão ser projetadas obras para perfuração de poços profundos (arenito açu) que servirá nos eventos críticos de seca, como o de hoje, e também terá outras utilidades que beneficiam o abastecimento humano nos municípios do RN", destaca.
 
Ezequiel defendeu que o próximo passo seja o agendamento de uma nova reunião - já na próxima semana - com o secretário nacional de Defesa Civil, general Adriano Pereira Junior para discutir as reformulações do pleito do RN, já que a presidente pediu urgência na apresentação dos novos planos. A chefe do Executivo Nacional disse que o financiamento dessas ações será executado com o orçamento de 2015 e definiu o prazo de 30 de novembro para entrega dos planos e de suas reformulações.
 
Durante a reunião a presidente Dilma Rousseff reafirmou a intenção em priorizar a continuidade das obras de adutoras e programas que beneficiem a população que sofre com a falta de água no Nordeste.
 
O Rio Grande do Norte atualmente tem 16 municípios em colapso total de abastecimento de água e a previsão é que até o fim do ano mais duas regiões sejam classificadas como em estado crítico por falta de água.

Gostou da Postagem?

0 comentários:

Postar um comentário