quarta-feira, 22 de maio de 2013

Potiguar superou falta de dinheiro e morte de jogador para ser campeão


Alvirrubro cogitou licenciar-se no início da temporada. 'Time Macho' agora entra para a história como único clube do interior com dois títulos estaduais

O Potiguar de Mossoró entrou para a história do futebol do Rio Grande do Norte como o primeiro clube do interior com dois títulos estaduais no currículo. A equipe mossoroense, que no início da temporada cogitou licenciar-se por falta de recursos, superou os problemas financeiros, a trágica morte do meia Neto Maranhão e a campanha ruim do primeiro turno para ficar com o título da competição.
Jogadores do Potiguar de Mossoró fazem oração após título (Foto: Canindé Soares)Jogadores do Potiguar de Mossoró fazem oração após o título Estadual (Foto: Canindé Soares)
















Ao todo, o "Time Macho" disputou 32 partidas no Campeonato Potiguar 2013, sendo 15 vitórias, oito empates e nove derrotas. A arrancada para o título teve início no segundo turno do torneio, após a chegada do técnico Celso Teixeira. Com “el loco” no comando, a equipe mossoroense conquistou seis vitórias em 11 jogos e garantiu os títulos do returno e do campeonato, além de vagas na Série D deste ano e na Copa do Nordeste de 2014.
Como terminou a primeira fase do Estadual na vice-liderança, o Potiguar de Mossoró também assegurou participação na Copa do Brasil do Brasil do próximo ano. 
Jogadores do Potiguar de Mossoró comemoram título após pênaltis (Foto: Canindé Soares)
Jogadores do Potiguar de Mossoró comemoram título após cobranças de pênaltis (Foto: Canindé Soares)






























Por Tiago Menezes







Natal

Gostou da Postagem?

0 comentários:

Postar um comentário