terça-feira, 6 de outubro de 2015

[Poesia] Nada Julgueis Antes do Tempo


Como uma noite dessas Tales de Mileto nada tinha a fazer,
Assim começou a Indagar: Como surgiu o mundo e o ser...
Eis uma loucura sagrada é o muito buscar saber,
No meu humilde mergulho Deus desejo conhecer...

O conhecimento da verdade vai me libertar,
Ele me liberta disse o mestre, poeta, advogado Jesus;
A Voz da Sabedoria suavemente vem me alertar,
Ao Caminho do direito e da Justiça me conduz...

Cada ser receberá o conhecimento da parte de Deus,
Nada julgueis antes do tempo, nem sequer os ateus,
Pouco importa ser julgado por tribunal humano,
Nunca mais me condenarei como um ser profano...

Deixe cumprir a promessa da volta do nosso Senhor,
Por enquanto cremos em seu infinito amor,
Tua misericórdia aos seus alcança até mil gerações,
Trará à luz o oculto, e revelará os motivos dos corações...

Por Aureci Bezerra da Silva

Gostou da Postagem?

0 comentários:

Postar um comentário