terça-feira, 6 de outubro de 2015

Coronel Fernandes fala sobre denúncias do Fantástico que envolveu policiais do RN

O Rio Grande do Norte foi manchete nacional ontem há noite, no Fantástico, apresentado na Rede Globo. O programa revelou como já havia anunciado um esquema de corrupção envolvendo a Polícia Militar.  O coronel Fernandes se antecipou a reportagem e saiu em defesa da corporação nas mídias sociais.

Eis o desabafo: “Em nenhuma democracia que se preze não se pode abrir mão do direito à ampla defesa e ao contraditório, princípio básico do estado democrático e de direito, que, nós policiais temos a obrigação de defender. Vejo que tal exposição na mídia, fere de morte a auto- estima de uma categoria que tem sua espinhosa missão já tão estigmatizada, que de forma recorrente se faz questão de mostrar como se fosse um troféu os erros cometidos por alguns de seus integrantes.

Longe de mim querer aqui fazer juízo de valor, além de não querer, não poderia, pois foge a minha alçada querer julgar se A ou B esteja certo ou errado, porém, o certo seria a efetiva valorização dos policiais e a criação de mecanismos de fiscalização e controle de nossa complexa atividade.

Tive ao longo de minha carreira o privilégio de aprender grandes lições com muitos oficiais e praças honrados, porém, aprendi, ao longo do tempo, que ninguém quer ser o pai de algo que deu errado, talvez isso nos afaste dia, após dia, uns dos outros, e que, as vezes, façamos julgamentos precipitados.

O que não podemos admitir é que se faça um pré-julgamento desses policiais militares baseado em uma cobertura midiática sensacionalista, que até esse momento considerou apenas a versão dos acusadores, sem ser dado a oportunidade da exposição da defesa. Por isso, deixemos para fazer qualquer juízo de valor após o devido processo legal e uma sentença”.


Fonte: Celso Amancio via Patu em Foco

Gostou da Postagem?

0 comentários:

Postar um comentário