domingo, 14 de agosto de 2011

Natal tem projetos rejeitados para a Copa de 2014

Natal parece ser o caso mais emblemático de incapacidade técnica para formatar um projeto de grande magnitude. O estádio é o mais atrasado de todas as sedes. As obras de mobilidade urbana foram desenhadas em três projetos para melhoria das vias públicas e construção de viadutos. Tudo a um custo de R$ 441 milhões, com financiamento de 85% por parte da CEF, ou seja, R$ 361 milhões. Nenhum projeto atende às exigências básicas do Ministério das Cidades.O trecho acima é parte de uma matéria publicada no Uol na sexta-feira, falando do veto aos projetos de mobilidade urbana feitos pela presidente Dilma Rousseff, podendo gerar assim mais dificuldades na preparação da capital potiguar para abrigar parte dos jogos da Copa do Mundo 2014. Ao todo foram apresentados 55 projetos para captação do dinheiro do FGTS, via Caixa Econômica Federal, dos quais 38 foram contratos e Natal ficou de fora, na avaliação do Ministério das Cidades.

Os recursos federais disponíveis são de R$ 7,8 bilhões a serem destinados ao financiamento das obras. Além da reprovação de alguns, existem projetos contratados que podem ser reduzidos, caso não fiquem prontos até 2013, ao final de dezembro. As prefeituras e governos estaduais estão sendo responsabilizados pela falta de competência técnica na elaboração correta das propostas e plano executivo das obras, por isso ocorreu a rejeição de 31% do material apresentado.

Fonte: O Mosssoroense/Blog RG News

Gostou da Postagem?

0 comentários:

Postar um comentário