quarta-feira, 21 de outubro de 2015

[Poesia] Talvez nunca, talvez sempre...


Talvez nunca serei um poeta genial,
Talvez nunca serei pregador eloquente,
Talvez sempre serei um simples crente,
Esquentando o banco na creche espiritual...

Os hábeis poetas possuem asas douradas ,
Os grandes mestres não são pessoas caladas,
E conhecimento não é o mesmo que sabedoria,
O cristão ousado na palavra prega todo santo dia..

Queria o dom da palavra e pregar aos meus irmãos,
Além de fazer refletir meus amigos e concidadãos,
Ou ao menos me tornasse poeta de bela inspiração,
Persuadiria juntos  pensar em Deus e viver em oração...

Mas longe estou de ser pessoa erudita,
E até o momento não exerço duradoura influência,
Sequer há retórica na minha  adorável escrita,
Imaginem como vou encontrar na minha fala eloquência...

Por Aureci Bezerra da Silva

Gostou da Postagem?

0 comentários:

Postar um comentário