domingo, 8 de março de 2015

Blog Icém Caraúbas entrevista Itamar de Almeida, personagem religioso das procissões de São Sebastião

Por Viviane Cristina



Iniciamos a matéria perguntando aos nossos leitores: Quem nunca viu este personagem na procissão de São Sebastião todo dia 20 de janeiro ao longo desses anos?

O homem que chama a atenção de quem está na procissão e nas calçadas esperando a procissão de São Sebastião é o Missionário Itamar de Almeida, homem este, que ao longo dos anos vem a Caraúbas para evangelizar. Com seu jeito autêntico de ser, suas características são roupas envelhecidas e sai no meio da multidão pregando o amor de Deus, e clareza e entendimento do povo.

E hoje o blog Icém Caraúbas mostra aos caraubenses este homem misterioso que todos tinham vontade de saber quem é? perguntar seu nome e de onde veio? De se aproximar e saber as reais pretensões dele nas procissões ao longo desses anos.

Segundo o missionário, já vem a Caraúbas desde a década de 70, e sempre chama atenção de todos. É da cidade de Messias Targino, porém vive uma vida de andarilho, e que no momento não tem residência fixa. 

Homem simples, que gosta de descobrir o desconhecido, lê muito, é ousado, polêmico, mas sofredor.
Itamar visitou hoje (07/03) nossa cidade para fazer uma visita a Padre Francisco das Chagas, pois disse que o admirava muito, e que se identificava pelas ideias polêmicas, e muito pra frente além do tempo, embora nunca tenha estudado em escola regular, Itamar é um homem de linguajar rebuscado, entendedor de ideais, leitor de livros bons, e sempre a frente do seu tempo.

Perguntamos sobre suas estadias, quem o acolhe, ele citou que já ficou em várias casas e uma delas é de Bibia mãe de Ducéu e também da cabeleireira Nega Maia.

Foi perguntado a ele sobre as vestimentas, ele falou que eram mortalhas, e foram feitas em protesto, aos problemas sociais e religiosos de acordo com cada tempo.

Ao final ele desabafa que está se entristecendo com alguns lugares que não encontra hospedagem, pessoas dão as costas, por preconceito. 

Com muita satisfação indagamos se ele vem dia 20 de janeiro de 2016, e ele respondeu: "se Deus quiser e nos permitir está vivo", mesmo sem saber se algum caraubense de bom coração lhe dará estadia. 

Vídeo:


Fotos:









Gostou da Postagem?

0 comentários:

Postar um comentário