terça-feira, 19 de junho de 2012

TCU entregou ao TSE a lista dos mais de 6 mil gestores com contas reprovadas que podem ficar inelegíveis


O Presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), Benjamin Zymler, entregou no final da tarde desta terça-feira (19) a presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra do Supremo Tribunal Federal Cármen Lúcia Antunes Rocha a lista com o nome de mais de 6 mil gestores públicos, ocupantes de cargos ou funções, que tiveram suas contas julgadas irregulares pelo tribunal. No Rio Grande do Norte são 212 nomes.

De acordo com a Lei das Eleições (Lei nº 9.504/1997 – artigo 10, parágrafo 5º), cabe ao TCU apresentar à Justiça Eleitoral, até o dia 5 de julho do ano em que se realizarem as eleições, a relação dos responsáveis que tiveram suas contas relativas ao exercício de cargos ou funções públicas rejeitadas por irregularidade insanável e por decisão irrecorrível do órgão competente. A lista será encaminhada aos juízes eleitorais, que são os responsáveis pela análise do registro dos candidatos a prefeito e vereador.

De acordo com a Lei de Inelegibilidades (Lei Complementar nº 64/1990), são inelegíveis os que tiverem as contas rejeitadas por irregularidade insanável e que configure ato doloso de improbidade administrativa, e por decisão irrecorrível do órgão competente. Essas pessoas não podem se candidatar a cargo eletivo nas eleições que se realizarem nos oito anos seguintes, contados a partir da data da decisão. O interessado pode concorrer apenas se esta decisão tiver sido suspensa ou anulada pelo Poder Judiciário.

Clique aqui para acessar a lista no site do TSE. 

Clique aqui para ver a lista dos políticos do RN condenados na corte. 

Fonte: Blog Notícias de São Miguel

Gostou da Postagem?

0 comentários:

Postar um comentário