domingo, 20 de maio de 2012

América vence em e ABC empata fora

Alvinegro apenas empata na abertura da Série B

Com um time cheio de novidades em relação a equipe que disputou o campeonato estadual, seis modificações no total,  o ABC  não passou de um empate por 1x1, com o Ipatinga, em Minas Gerais, na noite dessa sexta-feira, na abertura da série B do Brasileiro. Thiago Pereira, de cabeça, marcou para os mineiros, enquanto Washington, de pênalti, empatou para o alvinegro. Os dois gols foram marcados no segundo tempo. Agora, a equipe abecedista volta a jogar na próxima sexta-feira, dia 25, contra o Joinville/SC, no Frasqueirão.

O ABC começou a partida com dificuldades para atacar o Ipatinga. Os donos da casa tiveram as melhores oportunidades da primeira etapa. Logo aos cinco minutos, Leandro Brasília cobrou falta na área, o atacante Thiago Pereira subiu mais que todo mundo e desviou de cabeça e bola bateu na trave.  Aos 17 minutos, Marcinho fez grande jogada, passou por Flávio Boaventura, invadiu a área e tocou para Thiago Pereira. O atacante do Ipatinga dominou e chutou. A zaga alvinegra chegou a tempo e afastou o perigo para escanteio.

Sem um atacante de área, o ABC aposta na velocidade do estreante Joelson e Adriano Pardal, para levar perigo ao goleiro Bruno, do Ipatinga. Aos 27 minutos, Guilherme, avançou pela direita e cruzou rasteira, a defesa do Ipatinga cortou errado e a bola sobrou para Joelson. O atacante chutou colocado, mas Bruno fez grande defesa. A equipe mineira insistia nas jogadas aéreas, mas sem sucesso.

Na volta do intervalo, o Ipatinga marcou logo aos dois minutos. Flávio Boaventura não conseguiu cortar, Leandro Brasília invadiu a área pela esquerda e cruzou na medida, para Thiago Pereira desviar de cabeça e abrir o placar para os donos da casa. A equipe mineira aproveitou o gol e quase ampliou aos sete minutos. Djavan, que havia entrado no intervalo, chutou forte, para a boa defesa de Andrey.

O ABC respondeu aos nove minutos. O volante Henik chutou forte, de fora da área e a bola bateu no travessão. Querendo o empate, o técnico Márcio Goiano tirou Jérson e colocou o centroavante Washington. Aos 21 minutos, o volante Leanderson derrubou Washington na área  e o juiz marcou pênalti. O mesmo Washington bateu e empatou o placar. Aos 44 minutos, Márcio Diogo passou por três jogadores, entrou na pequena área e chutou forte. Andrey fez defesa espetacular.

América-RN atropela Goiás e faz 5 a 2 na estreia da Série B

O receio de jogar em um estádio acuado, desconhecido, com campo pequeno, e diante de um adversário focado apenas na Série B do Campeonato Brasileiro já era motivo de preocupação no Goiás. O vento e a chuva forte que caiu na cidade de Goianinha-RN foram outros fatores que atrapalharam o time goiano, mas o pior, sem dúvida, foi a atuação na estreia da Segundona. O América-RN, que voltava à Série B, não tinha nada a ver com isso. Com facilidade, a equipe potiguar fez 5 a 2 no irreconhecível adversário.
 
O gol marcado por Júnior Viçosa aos três minutos do primeiro tempo até deu a impressão de que o Goiás manteria a boa fase. Enderson Moreira poupou jogadores e escalou cinco reservas em campo. Um deles foi Júnior Viçosa, que recebeu passe de Ricardo Goulart e abriu o placar para o Verdão após ganhar na dividida dos zagueiros rivais. Aos 14, o goleiro do América-RN, Dida, ainda evitou o segundo gol do time esmeraldino em cobrança de falta de Thiago Humberto. Mas este foi o último susto dos donos da casa na etapa inicial.
 
Quando Júnior Xuxa empatou a partida aos 20 minutos, o meia do América-RN praticamente iniciou uma nova partida. O jogador recebeu ótimo passe de Wanderson e chutou cruzado, sem chances para Harlei: 1 a 1. O gol animou os donos da casa e parece ter deixado a zaga esmeraldina atordoada. O atacante Isac recebeu lançamento da intermediária, saiu na cara do gol e teve frieza de atacante. Ele driblou o goleiro do Goiás e fez 2 a 1 para o América-RN.
 
Os potiguares passaram então a controlar o jogo e abusar, com extrema eficiência, dos contra-ataques. Aos 34, Isac recebeu novo lançamento entre os zagueiros do Goiás. O atacante invadiu a área e tocou com categoria na saída de Harlei: 3 a 1. Antes de marcar o quarto gol, o time da casa ainda acertou a trave de Harlei. Mas aos 38 minutos, foi a vez de Lúcio Curió sair na cara do gol e balançar as redes: 4 a 1.
 
Preocupado com a imensidão do vexame, o técnico Enderson Moreira substituiu o meia Thiago Humberto pelo zagueiro Wallinson ainda na primeira etapa para tentar reforçar a marcação. Pouco adiantou. Logo aos cinco minutos da etapa final, Lúcio Curió recebeu mais um bom passe após contra-ataque pela esquerda. Livre de marcação, ele só teve o trabalho de deslocar Harlei e ampliar a goleada: 5 a 1. Aos 24, Netinho ainda cobrou falta no travessão e quase descontou. O Verdão balançou as redes aos 40, em cobrança de pênalti. Rafael Toloi cobrou no canto direito e marcou: 5 a 2.
 
O Goiás volta a campo na próxima quarta-feira, contra o São Paulo, no jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil. Na Série B, o time goiano só joga no dia 29, contra o Ceará, fora de casa. A partida contra o Paraná, pela segunda rodada, foi adiada para o dia 5 de junho. O América-RN recebe o Avaí, também no dia 29, e pela terceira rodada. O jogo da equipe potiguar da segunda rodada é outro que foi adiado, já que o adversário, Vitória, segue na Copa do Brasil.

Fontes:   
   GloboEsporte.com
   Tribuna do Norte

Gostou da Postagem?

0 comentários:

Postar um comentário