quarta-feira, 4 de novembro de 2015

[Livro] O inferno de Antônio - Marcos Bezerra

Jornalista Marcos Bezerra lança seu segundo livro em Mossoró

– Maria Bonita, minha cabocla, você vai comigo! Ver como é doce o sabor de uma vingança.

Meio a contragosto, Dona Diaba estalou os dedos e mandou todo mundo de volta para a Terra. Estavam todos lá, Lampião, seus principais cabras e suas cabrochas, montados em cavalos do cão e galopando mais uma vez pelas veredas do sertão nordestino.

"O inferno de Antônio"
tem disso... E muito mais.

O livro é inspirado e baseado no cordel "O ataque de Mossoró ao bando de Lampião", do poeta popular mossoroense Antônio Francisco. Com muita criatividade, ele versou sobre um concurso de música no inferno, o Canta Vem-vem, vencido pelo Rei do Cangaço, que escolheu como prêmio o retorno para se vingar da Terra da Resistência. 

O concurso virou a Mais bela voz do inferno, comandado por uma diaba inspirada na atriz Tony Silva. "Não sei se ela lembra, mas já lhe contei sobre isso. Ler as frases de Dona Diaba é como ouvir Tony Silva falando", diz o jornalista Marcos Bezerra. 

Inicialmente pensado como um roteiro cinematográfico, o autor foi incorporando cenários, situações, personagens - alguns reais - e diálogos, mas mantendo-se fiel à ideia central do cordel, de um bando criminoso surpreendido pela cidade moderna e caótica. O roteiro ficou adormecido durante uns bons anos até ganhar o formato atual.

Marcos, que também é Antônio, bebe na fonte da sabedoria popular e ainda acha espaço para homenagear o poeta mor mossoroense, de quem é fã confesso. É um inferno absurdo e fantástico de dois Antônios. Divertido a maior parte do tempo e reflexivo de vez em quando, como quando o cangaceiro Jararaca se descobre um milagreiro na terra.

Sem saber porque, Jararaca conhecia o caminho até o cemitério de São Sebastião. Lá, viu-se diante de um túmulo revestido de cerâmica, simples, mas bem cuidado. Pela quantidade de flores artificiais e pelas velas queimadas dava para perceber que era um dos mais visitados. Estava escrito, José Leite de Santana, morto em 1927. Ficou ali em contemplação silenciosa...

O Inferno de Antônio será lançado às 18h de sexta-feira (06 de novembro), no estande da Livraria Nobel do Expocenter, durante a Feira do Livro de Mossoró.

Texto e Imagem: Divulgação

Gostou da Postagem?

0 comentários:

Postar um comentário