quinta-feira, 2 de maio de 2013

RN não paga a professores o que a lei exige


Pagando 1.175,25 reais aos portadores de nível médico e 1.638,21 reais aos de nível superior, por trinta horas semanais, o governo do Rio Grande do Norte é um dos 22 em todo o país que ainda não respeitam e não cumprem a Lei Nacional do Piso do Magistério, promulgada em 2008, a Lei 11.738/08, conforme relação divulgada esta semana pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE).

Relacionando informações de janeiro último, a entidade diz que a governadora Rosalba Ciarlini não cumpre a jornada extraclasse e aplica a proporcionalidade ao valor do salário.

Na forma da lei, o piso nacional do magistério incide no vencimento de carreira do professor com formação em curso Normal de nível médio e graduação em nível superior em Pedagogia ou licenciaturas. A CNTE lembra, ainda, que a referência mínima para a jornada extraclasse, prevista na lei, é de 33,33%

Fonte: Novo Jornal via Blog Novanês Oliveira

Gostou da Postagem?

0 comentários:

Postar um comentário