sábado, 19 de janeiro de 2013

PREFEITURA DE CAMPO GRANDE É ALVO DE INVESTIGAÇÃO


Parece que o Ministério Público do Rio Grande do Norte só veio a tomar uma iniciativa em relação ao envolvimento da empresa Bonacci com a Prefeitura de Campo Grande-RN depois de denúncias publicadas na Folha de São Paulo, a qual citada a contratação de serviços com influências políticas entre o governo da pequena cidade do oeste, o ex-assessor de Henrique Alves e sua empresa fantasma Bonacci.

O Ministério Público depois de atiçado, reagiu e instaurou no último dia (15) um inquérito civil para investigar o contrato que Bibi de Nenca fez com a Bonacci Engenharia para construção da praça da criança.

No ano de 2009, o Deputado Henrique Alves destinou R$ 200 mil de suas emendas parlamentares para a construção da praça. Por escrito, ele pediu a liberação do dinheiro ao Ministério do Turismo. O convênio foi assinado e, no ano seguinte, a prefeitura usou o recurso para contratar a Bonacci. Que pertence ao Ex-Assessor de Henrique (Que coincidência não?).

Em portaria publicada na última quinta (17) no "Diário Oficial" do Rio Grande do Norte, a promotora Beatriz Azevedo de Oliveira pede que a prefeitura da cidade entregue em 10 dias os documentos do contrato. Ela também requisita à Junta Comercial do Rio Grande do Norte informações sobre a situação da Bonacci.

"Requisitei as informações com base nas notícias. Foi pela gravidade dos fatos que resolvi averiguar", disse a promotora, que só questionou esse contrato porque é a titular do Ministério Público em Campo Grande.

Gostou da Postagem?

0 comentários:

Postar um comentário