quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Crediamigo ultrapassa a marca de 2 milhões de clientes ativos


Natal (RN), 2 de dezembro de 2015 – Mais de 2 milhões de clientes participam atualmente do programa Crediamigo. A marca recém-alcançada reafirma sua posição como o maior programa de microcrédito produtivo orientado da América do Sul.

O crescimento do Crediamigo deve-se, principalmente, a clientes como Josete Machado do Rêgo Barros, dona de uma lanchonete na comunidade rural de Guanduba, município de São Gonçalo do Amarante (RN), na região metropolitana de Natal. Ela dispõe dos recursos e da orientação financeira do programa desde 2009.

“Já vendi perfumes e cosméticos de porta em porta, tive uma loja de confecções, que fechei em 1999, quando minha mãe adoeceu. Há seis anos, um carro de som passou em Guanduba fazendo propaganda do Crediamigo. O pessoal estava desconfiado, mas depois que eu fui, foi todo mundo", revela.

O mais recente empréstimo da cliente Josete Barros foi há três meses, para equipar e sortir a Lanchonete da Mangueira, onde produz bolos, tortas, doces e salgados por encomenda. "Eu acreditei e a coisa está dando certo", diz.

Nesta história de mudanças, Josete conseguiu transformar muitos parentes em empreendedores. O último foi um sobrinho, que deixou o trabalho pesado numa cerâmica, onde recebia um salário mínimo por mês, e passou a cobrar uma diária de R$ 100 como prestador de serviços gerais. Os recursos do microcrédito garantiram a compra das ferramentas.

Cidadania financeira


O público-alvo do programa Crediamigo é constituído por empreendedores que atuam nos setores informal ou formal da economia. Entre aqueles que integram o conjunto dos clientes ativos, 36% têm renda familiar até R$ 700. Apenas 1% tem renda familiar acima de R$ 5 mil.

“O Crediamigo leva mais do que crédito a seus 2 milhões de clientes ativos, leva também cidadania financeira. Em 2016, o programa completará 18 anos de atuação. Nossa realidade mostra que já estamos atendendo a segunda geração de empreendedores com esta importante iniciativa do Banco do Nordeste”, ressalta o superintendente  de Microfinança e Agricultura Familiar, Stelio Gama Lyra Junior.

A inclusão no programa vem acompanhada de orientação empresarial, abertura de conta-corrente, créditos escalonados crescentes e atendimento personalizado no local de trabalho do cliente.

Os créditos partem de R$ 100,00 e vão até R$ 15 mil, com taxa de juros a partir de 1,20% ao mês e prazo de pagamento de 1 a 24 meses.

O Crediamigo está presente em 1.989 municípios da área de atuação do Banco do Nordeste, que inclui os nove estados nordestinos, o norte de Minas Gerais e norte do Espírito Santo. O programa já realizou 23,6 milhões de operações e acumula 34,8 bilhões em valores desembolsados.


IMPRENSA – Banco do Nordeste

Gostou da Postagem?

0 comentários:

Postar um comentário