quarta-feira, 1 de maio de 2013

COM DINAMITE, QUADRILHAS EXPLODEM CAIXAS DE BANCO EM 3 CIDADES DO RN


Terminais eletrônicos de duas agências do Banco do Brasil e um caixa do Bradesco foram explodidos na madrugada desta quarta-feira (1º) em três cidades no interior do Rio Grande do Norte. Segundo a Polícia Militar, os ataques aconteceram simultaneamente, por volta das 2h, nas cidades de Angicos e Afonso Bezerra, na região Central do estado, e Almino Afonso, no Oeste potiguar.

O major Assis Santos, comandante do policiamento militar na região Central, confirmou que os criminosos estavam fortemente armados e usaram dinamite para arrombar os caixas. Nas duas agências, todo o dinheiro dos caixas violados foi levado. “O estrago foi grande. Em Afonso Bezerra, a delegacia e a viatura foram alvejadas”, destacou o oficial. Em Almino Afonso, a explosão foi confirmada pelo comandante geral da corporação, coronel Francisco Araújo Silva.


Ainda de acordo com o major, palo menos dez homens participaram das explosões às agências do Banco do Brasil. “Eles tinham um carro para assalto e outro de apoio”, acrescentou Santos. Segundo ele, moradores de Angicos  identificaram um dos veículos utilizados pelos suspeitos como sendo um Ecosport de cor preta.

O major contou também que as dinamites foram utilizadas diretamente nos caixas, mas as explosões causaram muitos danos a estrutura físicas dos prédios, destruindo boa parte das agências. “Os criminosos tinham pistolas 9 milímetros, espingardas calibre 12 e fuzis”, disse o comandante.  “Ficaram atirando no meio da rua. Em Afonso Bezerra, eles trocaram tiros com os policiais. A delegacia e a viatura foram alvejadas”, revelou.

Em Almino Afonso, ainda de acordo com a PM, um popular ligou para o destacamento da cidade e alertou a polícia. Quando os policiais chegaram à agência do Bradesco, o caixa já havia sido detonado. “Não dá nem pra saber ainda quantos homens eram ou em que carros estavam. Vamos ver se têm câmeras aqui por perto para identificar algo. Mas, acho que não tem”, disse um dos policiais.

A polícia está fazendo diligências em busca das quadrilhas, mas ninguém foi preso até o momento.

Fonte: g1.com via Blog Riacho da Cruz de Fato

Gostou da Postagem?

0 comentários:

Postar um comentário