terça-feira, 31 de maio de 2011

Municípios participam de mais uma etapa de capacitação do Mova-Brasil

Por Fabiano Souza

Está sendo iniciada hoje (30) e se prolongando até terça-feira dia 31, mais uma capacitação continuada para monitores e coordenadores do programa Mova-Brasil. O evento acontece em Mossoró. Essa etapa da capacitação envolverá integrantes dos municípios de Messias Targino, Patu, Campo Grande, Assu 1 e Assu 2. A informação foi passada pela coordenadora do núcleo formado pelos municípios de Janduis e Messias Targino, Katiúscia Pinto.

Todo trabalho do encontro será coordenado por Joseleide Silveira, coordenadora estadual do programa Mova-Brasil. O encontro de capacitação acontecerá durante os dois dias, será no Centro de Treinamento Libânia Lopes Pessoa.

No mesmo local também participarão da capacitação os monitores e coordenadores dos municípios de Areia Branca, Mossoró, Apodi e Rafael Fernandes no período de 2 e 3 de Junho. Já no período de 6 e 7 de junho será feita em Natal a formação dos municípios de Macau, Natal e Ceará-Mirim.

Segundo informou a coordenadora do núcleo "Alfabetizar para Libertar" formado pelos municípios de Janduís e Messias Targino, Katiúscia Pinto todos os monitores do município vão participar do encontro de formação geral continuada durante os dias 30 e 31 de maio.

Desde 2005, que o programa Mova-Brasil tem atuação no município de Messias Targino sob a iniciativa do Sindicato dos Trabalhadores Rurais em parceria com a Prefeitura Municipal.

Nesta etapa que foi iniciada no mês de abril está funcionando sete turmas no município, sendo seis na zona urbana e uma na zona rural. "Nesta etapa o objetivo é alfabetizar 210 alunos", informou a coordenadora.

Inspirado no Movimento de Alfabetização de Jovens e Adultos (MOVA), criado pelo educador Paulo Freire, o Projeto MovaA-Brasil segue no caminho para além das letras e números. Desenvolvido por meio de uma parceria entre Petrobras, Federação Única dos Petroleiros (FUP) e Instituto Paulo Freire (IPF), tem como finalidade promover a dignidade humana garantindo aos indivíduos e às comunidades a oportunidade de reconstruírem seu destino e de conquistarem o direito à cidadania plena e participativa.

Fundamenta-se nos princípios filosófico-político-pedagógicos de Paulo Freire. A ação pedagógica se desenvolve com base na Leitura do Mundo do(a) educando(a), a partir da qual se identificam as situações significativas da realidade em que está inserido. Desse processo, surgem os Temas Geradores que, por sua vez, orientam a escolha dos conteúdos programáticos.

Fonte: Correio da Tarde

Gostou da Postagem?

0 comentários:

Postar um comentário