quinta-feira, 3 de junho de 2010

Consertos na BR 226 Ficaram Incompletos

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) parece ter mesmo esquecido de terminar o serviço de recuperação da rodovia BR 226 no trecho entre Campo Grande e Patu, passando por Janduís e Messias Targino, no Médio Oeste do Rio Grande do Norte.

Neste ano de 2010, a empresa CLC, a serviço do DNIT, retirou por completo o asfalto de alguns trechos e colocou uma nova camada de brita com óleo, além de ter tampado alguns buracos ao longo da referida extensão.

No entanto, vários buracos continuaram existindo no trecho Patu/Campo Grande, e um recapeamento completo, com uma nova camada asfáltica, que seria feita de Patu a Campo Grande, não foi realizado.

Na saída de Patu para Messias Targino, nas proximidades do acesso à rodovia estadual que vai até à divisa com a Paraíba, a buraqueira é muito grande, num local em que a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (CAERN) embutiu parte da tubulação da Adutora "Arnóbio Abreu" embaixo do asfalto da BR 226.

Em visita ao sítio eletrônico do DNIT (www1.dnit.gov.br), nenhuma informação dá conta de um esperado complemento do serviço de recuperação da BR 226 no trecho Patu/Campo Grande.

A ausência de máquinas e homens ao longo do trecho, como se tinha há alguns meses, também indica uma paralisação do serviço, sem que tenha sido concluído.

Gostou da Postagem?

0 comentários:

Postar um comentário