quinta-feira, 13 de maio de 2010

CARREIRA JURÍDICA

CARREIRA JURÍDICA

MESSIENSE É APROVADO NO EXAME DA OAB
Ele nasceu em 22 de março de 1985. Filho de Severino Estêvam da Silva e Aulenir Maria da Silva, Edson Estêvam da Silva sempre gostou de estudar.

A exemplo de dezenas de outros estudantes de Messias Targino, Edson foi para a Casa do Estudante de Mossoró (CEM), onde passou a dividir com outros messienses, além dos sonhos, as muitas dificuldades nascidas para quem habita aquela entidade.

No ano de 2004, Edson Estêvam da Silva ingressou, por aprovação em concurso vestibular, na Faculdade de Direito (FAD) da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), no Campus Central de Mossoró.

Em 2009, Edson concluíu o curso de Direito, porém precisava mais. O exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) passaria a ser então o grande obstáculo.

Com a mesma determinação com que frequentou o curso de Direito, Edson encarou as provas do exame da OAB, submetendo-se a mais esse teste de vida neste ano de 2010.

Edson foi aprovado, e, se quiser, muito em breve poderá iniciar a carreira jurídica de advogado.

Nessa hora, todavia, apareceu uma dúvida. É que Edson foi também aprovado num concurso público para agente penitenciário, e, dizendo precisar demais dos proventos, acena com a possibilidade de deixar o ingresso na OAB para um futuro breve.

MUNICÍPIO TEM TRADIÇÃO NA FORMAÇÃO DE BACHARÉIS EM DIREITO

Não é de hoje que Messias Targino forma bacharéis em Direito, que seguiram diversas carreiras jurídicas.

Da casa do fundador do Município, Messias Targino, o seu filho Valmir Targino, de saudosa memória, foi advogado, promotor de Justiça e depois Procurador de Justiça. E ainda teve tempo para se dedicar à vida política, tendo sido deputado estadual no RN.

Na mesma casa tem origem Messias Targino Júnior ("Júnior Targino"), que por muitos anos foi assessor jurídico de órgão estatal e sempre exerceu a advocacia.

Paulo Henrique Ferreira Targino, neto de Messias Targino, filho do agropecuarista Paulo de Freitas Targino e da ex-prefeita Maria do Socorro Ferreira Targino, também se graduou em Direito, o que aconteceu pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

A prefeita Shirley Ferreira Targino, também filha de Paulo e Socorro e neta de Messias, cursava Direito na UNP quando preciso deixar o curso para se dedicar à atividade política.  Mas já disse que pretende retomar a vida acadêmica no futuro.

João Tomaz de Almeida, filho de Manoel Fernandes Jales ("Soro" ou "Sorinho"), formou o filho Otoni Tomaz de Almeida, um dos advogados mais antigos e mais conhecidos do interior do Rio Grande do Norte. Otoni é egresso da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Campus de Sousa (PB).

Inácio Gabriel da Silva ("Inácio Pereira"), ex-prefeito de Messias Targino, também viu dois de seus filhos concluírem o curso de Direito e seguirem carreiras jurídicas. Arnaldo Pereira de Andrade foi advogado, promotor de Justiça e Procurador de Justiça (atualmente aposentado), ao passo que Agnaldo Pereira, que reside em Caicó, enveredou pela militância na advocacia.

Esses dois filhos de Inácio, por sinal, plantaram a semente na mesma área. Arnaldo viu se formarem em Direito os filhos Gaspar Silva Pereira de Andrade (advogado), Kaline Pereira (advogada) e Arnaldo Pereira Segundo (advogado da União), enquanto que Agnaldo formou na mesma área o filho Guérrisson Andrade, que milita na advocacia e também exerce o magistério jurídico.

Aderaldo Jácome, conhecido messiense que morou em Mossoró, onde faleceu, também formou em Direito, pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), os filhos Francisco Elias Neto e Sebastião Jales de Lira, que atuam principalmente em Mossoró, além de um outro que exerce o tabelionato em Pau dos Ferros.

Da casa de Hemetério Fernandes Jales, tornaram-se advogados Hemetério Fernandes Jales Filho (graduado pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN) e Janete Teixeira Jales (graduada pela Universidade Potiguar - UNP).

Antenor Laurentino de Medeiros Neto (ou "Nanô Medeiros"), filho de Vicente Medeiros, é outro messiense que milita na advocacia há muito tempo, fazendo-o sempre juntamente com a atividade política, campo em que já foi vereador (inclusive presidente da Câmara Municipal de Messias Targino), vice-prefeito e novamente vereador.

O editor do blog, Alcimar Antonio de Souza, foi outro que, assim como Edson Estêvam da Silva, passou pela Casa do Estudante de Mossoró (CEM) e se formou em Direto pela UERN, estando na advocacia há algum tempo.

Wellington Carias Régis, filho de João Batista e Verônica, é outro messiense que buscou a carreira jurídica. Graduado em Direito pela UERN, Wellington atualmente trabalha como servidor da Justiça Federal, lotado na Oitava Vara da Seção Federal do RN, situada em Mossoró.

José Varelo Jales e Magnos Kelly de Lira são advogados que, embora não tenham nascido em Messias Targino, têm forte ligação familiar com o Município, pois suas origens familiares estão em Messias Targino.

E logo mais Messias Targino terá outros bacharéis em Direito. Uma nova geração caminha para isso. Edino Damião Praxedes Batista (aluno da UERN), Luiz Carlos Almeida de Souza (UERN), Wallace Barreto da Rocha (Mater Christi - Mossoró) e José Severino Neto de Souza (UERN) são, dentre outros, acadêmicos de Direito filhos de Messias Targino e num futuro breve estarão concluindo o curso.

Em comum, muitos dos que se graduaram mais recentemente e muitos dos que estão prestes a concluir o curso de Direito têm o fato de terem habitado ou estarem habitando as Casas de Estudante, superando dificuldades de toda ordem.

Fonte: Matéria publicada no O Messiense.

Gostou da Postagem?

0 comentários:

Postar um comentário