quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Comércio vai abrir 6 mil vagas no RN

Em meio a um período de promoções que tem o objetivo de reaquecer as vendas do comércio, com o Liquida Natal, lojistas dão início aos preparativos para as contratações temporárias para o fim do ano, época em que o movimento nas lojas aumenta. De acordo estimativa divulgada ontem pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Rio Grande do Norte (Fecomercio-RN), 6 mil vagas de empregos temporários serão oferecidas no Rio Grande do Norte, o que representa um aumento de cerca de 5% em relação às contratações feitas em 2013 no período. A previsão é que as primeiras vagas sejam abertas já na segunda quinzena deste mês.

Shopping em Natal: Setor se prepara para reforçar equipes enquanto aposta em liquidaçõesShopping em Natal: Setor se prepara para reforçar equipes enquanto aposta em liquidações

“É uma previsão que leva em consideração a própria dinâmica da economia. Estamos estimando fechar o ano com aumento de vendas de 5% e isso deve influenciar também os números de empregos”, explicou o presidente da Fecomercio-RN, Marcelo Queiroz. O presidente da Federação potiguar lembra que o crescimento nas vendas do ano estimado pela entidade ainda é menor do que no ano passado, em que os números de crescimento do comércio ficaram na faixa de 8% a 10%. Os números de contratação temporária apresentados pela Fecomercio-RN tem por base a previsão da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) para o país. A entidade estima que, no Brasil, o comércio varejista deverá oferecer algo em torno de 138,7 mil vagas de trabalho no fim do ano, o que equivale a um crescimento de 0,8% em relação ao mesmo período do ano passado.

Natal

Segundo o vice-presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Natal (CDL Natal), Augusto Vaz, o comum é que mais da metade das vagas de empregos temporários previstas para o Estado sejam oferecidas em Natal. 

“Ainda não levantamos nenhum número. Geralmente, fazemos essa previsão com base nos números da CNDL, que devem ser divulgados até o próximo mês”, disse Augusto Vaz.

O vice-presidente da CDL Natal ressalta que a população já deve ficar atenta para o período de contratações, que começa no mês de setembro e que se intensifica em outubro. “Lembrando que depois existe uma parcela desse pessoal que é efetivado”, explicou. As principais funções que terão seleção aberta são de vendedor e atendente. Em menor quantidade, também há previsão de vagas para embalador e estoquista.

No acumulado do primeiro semestre do ano, as vendas no RN registraram crescimento de 3,2%, resultado mais baixo que os 9,4% verificados entre janeiro e junho de 2013. “É uma queda muito aguda e, pior, sem perspectivas reais de ser revertida a curto prazo. Nossa projeção de crescimento das vendas para este ano como um todo, que vínhamos posicionando entre 4,5% e 5,5%, já terá que ser revista, para baixo”, disse o presidente da Fecomercio-RN, Marcelo Queiroz em entrevista concedida no dia 21 de agosto à TRIBUNA DO NORTE. 

Gostou da Postagem?

0 comentários:

Postar um comentário