terça-feira, 19 de agosto de 2014

“Medico foi demitido por que usava horário do expediente para pedir votos”, diz secretaria de saúde de Felipe Guerra

O blog pindoba notícias postou matéria na tarde de hoje, 18, informando os motivos que a secretaria de saúde de Felipe Guerra teria demitido médico e político do seu cargo, no hospital daquele município.

A demissão do médico e político, segundo a secretaria de saúde de Felipe Guerra, Drª Girlene Ferreira, em entrevista ao blog, teria ocorrido por que “o médico usava horário de expediente para pedir votos para seu candidato”. “Nós do governo, não fazemos isso no hospital, porque ele vai fazer?”, interrogou a Secretária Girlene, ao blog pindoba notícias.

Que atitude mais antiética e desagradável desse médico. Será que em outros municípios e entidades onde o médico presta serviço ocorre o mesmo? Agora fiquei na dúvida. 

Ainda segundo Drª Girlene, o médido usava a estrutura do hospital municipal de Felipe Guerra para beneficiar pessoas de outros municípios e não de Felipe Guerra. Ora, a boa ética nos diz que é necessário separar política e trabalho, em especial nessa profissão, médico.

Que situação constrangedora. O tempo... Como as coisas mudam. Clique AQUI e leia a matéria do Pindoba notícia na íntegra.

Gostou da Postagem?

0 comentários:

Postar um comentário