sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Pastor que levou menina a motel diz que só aceita o julgamento de Deus


O pastor Edson Luis Freitas, da Assembleia de Deus,  não gostou de estar sendo filmando pela TV Liberal e disse ao repórter: “Meu amigo, quem julga a minha causa só é Deus. Tu não é nada”. 

Na madrugada deste domingo (27) ele foi preso em flagrante com uma menina de 13 anos em um motel de Itaituba, cidade do sudoeste do Pará com 97 mil habitantes a 1.626 km de Belém, a capital. 

A polícia também prendeu Elizabeth da Cruz sob a suspeita de ser aliciadora. É ela que teria feito a intermediação entre a adolescente e o evangélico. 

De acordo com relato de testemunhas ao MP (Ministério Público), o pastor apareceu na orla da cidade à procura de Elizabeth. Depois de uma conversa entre os dois, ela selecionou uma adolescente de um grupo de meninas para que saísse com ele. No grupo, havia menina que aparentava ter 10 anos.

A adolescente disse à polícia que não esperava que o pastor fosse levá-la para um motel. Elizabeth negou que seja aliciadora. 

Alessandro Campos, advogado do pastor, afirmou que seu cliente foi vítima da menina, que vinha assediando-o há algum tempo. Falou que a garota disse ter 18 anos, e o pastor acreditou.

O pastor da Assembleia de Deus foi mandado para o presídio.

Fonte: Paulopes

Gostou da Postagem?

0 comentários:

Postar um comentário