sábado, 16 de julho de 2011

Governo sinaliza resposta à contraproposta feita pelos professores Uern para próxima semana


Ontem, os professores da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern) receberam informação do reitor Milton Marques, diretamente de Natal, de que a governadora Rosalba Ciarlini (DEM), em audiência com ele, pediu que os secretários estaduais fizessem avaliação do impacto financeiro das reivindicações da categoria.

Segundo informou o reitor ao presidente da Associação dos Docentes da Universidade (Aduern), Flaubert Torquato, a governadora também designou a vinda da equipe do Governo a Mossoró, quinta ou sexta-feira, para tentar resolver o impasse com os professores, técnicos-administrativos e estudantes da Uern.

Os três segmentos estão em greve desde o final de maio e reivindicam reajuste salarial, fortalecimento financeiro da universidade, melhores condições de ensino e aprendizado. A expectativa é de que os secretários, na visita a Mossoró da próxima semana, tragam resposta à contraproposta dos professores.

Isso porque Rosalba Ciarlini pediu avaliação do impacto da contraproposta na folha de pessoal do Estado. Os docentes aceitam receber reajuste a partir de setembro, mas retroativo a abril - condição para o fim da greve. Essa contraproposta foi encaminhada há quase duas semanas ao Governo do Estado.

O documento foi protocolado na administração estadual pelo reitor Milton Marques, que atua como intermediador dos segmentos da universidade. Ele inclusive, convocou audiência com o comando de greve para segunda-feira (18), às 15h, na Reitoria, para repassar oficialmente o resultado da conversa com a governadora.  

PROGRAMAÇÃO

Enquanto não há acordo para o fim da greve, a Aduern agenda mobilizações para a próxima semana, conforme deliberações de ontem. Em meio à "judicialização" dos movimentos sociais, quarta-feira (20), às 9h, haverá debate sobre "Direito de Greve dos Servidores Públicos", na sede da ADUERN Mossoró.

O professor Lindocastro Nogueira, assessor jurídico da entidade, será o expositor do tema. No mesmo dia, às 16h, o comando de greve volta a se reunir. Quinta-feira (21), às 9h, será realizada nova assembleia com toda a categoria docente para avaliar o movimento grevista. Na ocasião, serão repassados os informes sobre a negociação com o Governo do Estado e Reitoria da Uern.

Sexta-feira (22), às 7h30, a Aduern inicia o ciclo de "Acampamento Relâmpago em Defesa da UERN". A categoria aprovou que a cada semana, o Sindicato iria a um bairro para mostrar a realidade da universidade, bem como os trabalhos desenvolvidos pela instituição. As atividades começam pela praça do Mercado Central, Centro.

Fonte: O Mossoroense

Gostou da Postagem?

0 comentários:

Postar um comentário