terça-feira, 24 de maio de 2011

Ameaça de bomba leva a esvaziamento de universidade em Mossoró


Pelo segundo dia seguido, ameaças de bomba geram transtornos a cidade de Mossoró.

Após a interrupção do atendimento na agência Centro da Caixa, ocorrido nesta segunda-feira, é a vez da UnP esvaziar sua estrutura em caráter de urgência motivada por ligações anônimas alertando para o risco de explosão.

O esvaziamento foi encaminhado 30 minutos após o início das aulas no turno da noite desta terça-feira.

Extra oficialmente a explicação para o esvaziamento tem origem numa falta de energia com origem programada. A versão teria sido apresentada como forma de evitar pânico entre os alunos da instituição.

Mas informações de bastidores levam ao registro de nova ameaça, desta vez direcionada a instituição privada de ensino.

Comando da PM confirma ameaça de bomba e trabalha na tentativa de identificar origem do telefonema

Após o esvaziamento da UnP em Mossoró, autoridades se mantém em reunião para decidir quais os caminhos devem ser seguidos para garantir a total segurança da unidade de ensino.

Em contato com o jornal O Mossoroense, o comandante do 2º. Batalhão de Polícia Militar (2º. BPM) Túlio César, afirma que a denúncia segue os mesmos moldes aos aplicados a agência da Caixa nesta segunda-feira.

Túlio César confirma que a instituição recebeu um telefonema e que agora será necessário o encaminhamento de ações que devem envolver outras esferas da policia.

"Toda a área foi evacuada e encontra-se isolada para garantia da segurança. Os próximos passos devem ser seguidos por outras esferas especializadas", destaca o comandante.

De forma paralela ao trabalho de esvaziamento a PM encaminha ações no sentido de identificar a origem do telefonema.

O rastreamento do número telefônico poderá garantir a identificação da origem e solidez das ameaças.

Fonte: O Mossoroense

Gostou da Postagem?

0 comentários:

Postar um comentário