quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Secretaria de Saúde implanta Projeto de Gestante “Nascer Bem”

A Prefeitura de Municipal de Messias Targino, por meio da Secretaria de Municipal de Saúde, está desenvolvendo na Unidade Básica de Saúde Dr. Edino Jales, o Projeto de Gestante “Nascer Bem“, dirigido a grupos de gestantes e de aleitamento materno do Município.

Segundo a secretária Mônica Andrade, "a iniciativa do projeto visa atender gestantes, que serão acompanhadas pela equipe multidisciplinar (enfermeiras, fisioterapeutas, médicos, assistência social, psicólogos e dentistas), onde serão desenvolvidas atividades educativas de informação e prevenção a saúde, assistência ao parto e puérperio. Tendo como objetivo principal melhorar a qualidade da assistência pré-natal no município e oferecer a gestante um apoio multiprofissional durante toda a gravidez".

Além da secretária de saúde, Mônica Andrade, participaram do lançamento do Projeto de Gestante “Nascer Bem”, as gestantes do município, a fisioterapeuta, Viviane Almeida, a enfermeira Tarzia Cortes, os agentes comunitários de saúde e enfermeiras do PSF.

Durante o lançamento do Projeto foi distribuído uma cartilha de orientações a gestante, com cronograma de ações e freqüência para que se tenha um melhor acompanhamento e monitoramento das mesmas.

"A cada encontro realizado com as gestantes a secretaria de saúde distribui kits de enxovais, como forma de incentivo", disse a Mônica Andrade.

O programa também desenvolve a busca ativa das gestantes, com visita domiciliar, garantindo assim o término do tratamento necessário.

A secretária Mônica Andrade, destaca que durante o encontro na Unidade Básica de Saúde Dr. Edino Jales com o grupo de gestantes, serão enfocados temas como reforçar a importância do pré-natal para a mãe e para o bebê, ensinar a postura correta para evitar dores na coluna, a indicação de uma alimentação saudável, cuidados com o seio, entre outros tópicos.

Já no atendimento ao grupo de aleitamento materno serão orientadas as posições corretas para uma amamentação saudável, reforçar a importância do aleitamento até o sexto mês, e de amamentar até os dois anos de vida da criança, além de acompanhar o desenvolvimento do recém nascido até pelo menos o sexto mês de vida.

Fonte: Blog da Prefeitura de Messias Targino

Gostou da Postagem?

0 comentários:

Postar um comentário