quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Município realiza mutirão de combate ao Glaucoma.

A prefeitura municipal de Messias Targino por meio da secretaria municipal de saúde em parceria com governo federal e o HGO de Mossoró realiza na quinta-feira, dia 12, um mutirão de combate ao Glaucoma. O atendimento será realizado na Unidade Básica de Saúde Dr. Edino Jales, a partir das 10h.

Segundo a secretária de saúde, Mônica Andrade o atendimento será realizado por equipes de profissionais de saúde do HGO.

O público-alvo será hipertensos, raça negra, pacientes acima de 30 anos, diabéticos, idosos e pessoas que tenham parentes diretos portadores de glaucoma, para detectar o glaucoma.

De acordo com a secretária de saúde, Mônica Andrade, os pacientes que tiverem o problema constatado pelo médico vão ser encaminhados para tratamento gratuito pelo SUS, com oferta de medicamento (colírio) específico para a doença. Caso, contrário o paciente ficará cadastro na campanha, por isso a necessidade e importância que os pacientes participem.

Mônica informou ainda que uma equipe formada por profissionais de saúde realizaram uma mobilizando junto aos pacientes e está sendo realizado um trabalho de divulgação junto à comunidade.

A doença atinge 900 mil brasileiros conforme estatísticas da Organização Mundial da Saúde (OMS), segundo dados do Ministério da Saúde (MS).

A doença

O glaucoma é uma alteração em que a pressão do líquido que preenche o globo ocular está aumentada, além do que o olho pode tolerar. Quando essa pressão, chamada tensão intra-ocular, é maior do que o normal aumenta consideravelmente o risco de que ocasione danos aos olhos. O glaucoma é causado pelo acúmulo do líquido, chamado humor aquoso, que circula no interior do olho. Esse acúmulo se produz ou devido ao aumento da formação do líquido ou pela obstrução do conduto pelo qual normalmente esse líquido sai do olho. Desta forma, como continua sendo produzido o líquido, a pressão intra-ocular vai aumentando progressivamente.

Sintomas

O glaucoma pode ou não ter sintomas distintos, uma complicação quase inevitável do glaucoma é a perda visual que atinge primeiro a visão periférica. No começo a perda é sutil, e pode não ser percebida pelo paciente. Perdas moderadas a severas podem ser notadas pelo paciente através de exames atentos da sua visão periférica. Isso pode ser feito fechando um olho e examinando todos os quatro cantos do campo visual notando claridade e acuidade, e então repetindo o processo com o outro olho fechado.

Freqüentemente o paciente não nota a perda de visão até vivenciar a "visão tunelada". Se a doença não for tratada, o campo visual se estreita cada vez mais, obscurecendo a visão central e finalmente progredindo para a cegueira do olho afetado.Esperar pelos sintomas de perda visual não é o ideal. A perda visual causada pelo glaucoma é irreversível, mas pode ser prevenida ou atrasada por tratamento. Um oftalmologista deve ser consultado pelas pessoas com risco de desenvolver a doença.

Fonte: Blog Da Prefeitura de Messias Targino

Gostou da Postagem?

0 comentários:

Postar um comentário