sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Entidades implantam projeto agroecológico

As famílias beneficiada com o Projeto Especial de Agroecologia e combate à Desertificação no Semiárido Brasileiro estiveram debatendo a implantação do sistema de agrofloresta e as estratégias para ampliar o projeto no município de Messias Targino.

A ação é proposta e executada pela Associação Comunitária Santa Terezinha, em parceria com o Centro Juazeiro. As entidades se reuniram na sede do Centro Juazeiro com outros parceiros, como o Fórum das Associações, que tem a frente Manoel Neto, e a Secretária de Agricultura do Município de Messias Targino, coordenada por Paulo Rodrigues.

De acordo com a equipe do Centro Juazeiro, que esteve esta semana no município de Messias Targino, todo o material adquirido estará sendo entregue aos agricultores inscritos no projeto até a próxima segunda-feira (9). "Foi feito uma discussão de estratégia de ação. Todas as famílias definiram trabalhar em seus sistemas agroflorestais com a realização de coleta, armazenamento e uso de sementes nativas, assim como, a produção e armazenamento de sementes de hortaliças e plantas frutíferas. Isso vai assegura melhoria na qualidade de vida dessas famílias", disse Paulo Rodrigues.

A estratégia de ação desenvolvida pelos coordenadores do projeto consiste na realização de atividades de campo para coletar sementes nativas e armazenar para posterior plantio nos ambientes de trabalhos; produção de mudas e sementes de hortaliças, frutíferas e plantas nativas de forma agroecológica; produção de adubos orgânicos.

A implantação dos sistemas acontece até o final de agosto nos municípios de Messias Targino, Janduís, Patu e Almino Afonso.

Fonte: Correio da Tarde

Gostou da Postagem?

0 comentários:

Postar um comentário