sexta-feira, 15 de agosto de 2014

"Missa da cura e da libertação" teve a participação de uma grande multidão

Messias Targino viveu um belo momento de fé e louvor a Deus nesta última quinta-feira, 14 de agosto, quando o padre Nunes, que exerce o sacerdócio em Natal, celebrou na cidade a "Missa da cura e da libertação".

Além de padre, Nunes é também cantor e já é conhecido como um dos mais proeminentes artistas da música católica.

Acompanhado por sua banda, padre Nunes fez da celebração um belo espetáculo de música e louvor a Deus.

A população de Messias Targino participou maciçamente, e recebeu a companhia de pessoas de várias partes do Rio Grande do Norte e também do vizinho Estado da Paraíba.

O resultado foi a lotação do átrio da Capela de Nossa Senhora das Graças, onde foi celebrada a Santa Missa, e da Praça Central João Jales Dantas, que fica de frente à Capela.

Faltaram acentos, mas as pessoas não se incomodaram com isto, e a maior parte dos fiéis permaneceu de pé o tempo inteiro.

A ex-prefeita messiense Shirley Ferreira Targino e o atual prefeito messiense Arthur de Oliveira Targino foram anfitriões para outros políticos de toda a região, que se juntaram aos demais fiéis nesse grande momento de oração.

Esta é a segunda vez que o padre Nunes visita Messias Targino. A primeira aconteceu na Festa de Nossa Senhora das Graças, padroeira do Município, no ano de 2013, quando o sacerdote-cantor fez uma belíssima apresentação musical ao lado da Igreja.

Messias Targino terá a sua "Missa da cura e da libertação" semanalmente

Quando a Missa da cura e da libertação de Messias Targino já se aproximava do seu término, chegou ao local o padre Américo Leite, administrador da Paróquia de Nossa Senhora das Dores, que tem sede em Patu e na qual Messias Targino está inserida. Ele vinha de semelhante celebração, na Igreja Matriz de Nossa Senhora das Dores, de Patu.

Diante da multidão, padre Américo informou que, além das missas dominicais, a Capela de Nossa Senhora das Graças terá também a "Missa da cura e da libertação", que será celebrada em todas as quartas-feiras, sempre às 19 horas.

Essa celebração eucarística de muita religiosidade e fé, com momentos de intenso louvor e muita espiritualidade, já ocorre na Igreja Matriz de Nossa Senhora das Dores, em Patu, e vem se tornando uma prática no âmbito da Igreja Católica.

Fonte: O Messiense

Gostou da Postagem?

0 comentários:

Postar um comentário