sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Primeiro dia do ano teve posse de eleitos, eleição de dirigentes de Câmaras, empossamento de prefeito interino e até falta de eleição para Mesa Diretora de órgão legislativo


O dia 1º de janeiro de 2013 foi de empossamento nos cargos de prefeito, vice-prefeito e vereadores dos Municípios brasileiros. Os eleitos em 7 de outubro de 2012 finalmente chegaram aos cargos que venceram em disputa voto a voto.

O primeiro dia do novo ano foi também de eleições para os cargos das Mesas Diretoras das Câmaras Muncipais em quase todos os Municípios potiguares. Apenas em um Município norte-riograndense, ao menos segundo levantamento feito por O MESSIENSE, não houve eleição para a Mesa Diretora de sua Casa Legislativa.

O Blog acompanhou o resultado das eleições para os cargos de direção dos Poderes Legislativos de alguns Municípios do Oeste potiguar, e passa a relacionar os eleitos, iniciando por Messias Targino:

MESSIAS TARGINO

Com seis votos a favor e três em branco, foi conduzido à presidência da Casa de Leis do Município o vereador Juscelino Herculano Jales (PR), tendo como vice-presidente Sebastião Maltez (Rosean, do PP).

Juscelino, que está no segundo mandato de vereador, foi o líder da bancada da prefeita Shirley Ferreira Targino (PR) durante toda a sua segunda gestão, que aconteceu de 1º de janeiro de 2005 a 31 de dezembro de 2012.

O novo líder da bancada da situação, do agora prefeito Arthur Oliveira Targino (PMDB), é o vereador Ânderson Medeiros Martins (PMDB), que também está no segundo mandato.

O prefeito Arthur Targino e o vice-prefeito Genésio Francisco Pinto Neto (Pôla Pinto, do PT) têm maioria de seis num colegiado de nove edis.

PATU 

Com oito, dos nove votos, o vereador Suetônio Oliveira Moura (PTN) foi eleito presidente da Câmara Municipal, tendo como vice-presidente o edil Manoel Lindomar (Mamá, do PPS).

Mamá foi reeleito para o cargo de vereador em 7 de outubro de 2012, enquanto Suetônio é estreante no cargo de vereador.

Os dois integram a base de apoio à prefeita Evilásia Gildênia de Oliveira (PSB) e à vice-prefeita Gorete Dantas Forte (PV), reeleitas em outubro do ano que se findou.

RAFAEL GODEIRO

Antonio Carlos Dantas (Sargento Carlos) e Unilson Pereira de Oliveira Filho (Bodin) foram conduzidos, pelo voto da maioria dos seus pares, aos cargos de presidente e vice-presidente, respectivamente, da Câmara Municipal.

Os dois novos dirigentes do Parlamento Municipal, ambos do PSB, foram reeleitos para o cargo de vereador na coligação que deu lastro à candidatura do médico Abel Filho, que foi reeleito prefeito do Município e está agora no seu quinto mandato de prefeito.

OLHO D´ÁGUA DO BORGES

O prefeito recém-empossado Breno Queiroga (PMDB), eleito em outubro de 2012, e o ex-prefeito Jackson Queiroga (PMDB), cujo mandato teve fim de 31 de dezembro passado, convenceram a sua bancada a votar nos nomes de Célia Queiroga e Abel Vilmar de Araújo para os postos de presidente e vice-presidente da Câmara Municipal. E os dois foram eleitos.

Há comentários que o ex-prefeito Dedé Gonzaga, aliado de Breno e Jakcson, tinha em mente outro nome.

Mas, no final, houve entendimento comum dentro do grupo do prefeito Breno e a situação olhodaguense se manteve também à frente da Casa Legislativa municipal.

FELIPE GUERRA

Salomão Gomes e Ronaldo Pascoal foram os vereadores eleitos para os cargos de presidente e vic-presidente da Câmara Municipal. Haroldo Ferreira foi o prefeito eleito em outubro de 2012, assim empossado neste dia 1º de janeiro no cargo de Chefe do Poder Executivo.

JOÃO DIAS

Luciana Veríssimo foi o nome escolhido pelos vereadores da Câmara Municipal para ser a sua presidente para o biênio 2013-2014.

MOSSORÓ

A Câmara Municipal do segundo maior Município do Rio Grande do Norte e principal Município da região Oeste do Estado elegeu o vereador Francisco José da Silveira Júnior (PSD) para o cargo de presidente. Silveira Júnior foi também presidente da Casa nos últimos dois anos.

O primeiro vice-presidente eleito foi o vereador Alex Moacir (PMDB), e o segundo vice-presidente escolhido pela Casa foi o vereador Soldado Jadson.

Embora tenha participado, em 2012, da campanha eleitoral da candidata a prefeita Larissa Rosado (PSB), Silveira Júnior foi nome apoiado para presidir a Câmara Municipal dos "Monxorós" pela prefeita Cláudia Regina (DEM), que derrotou Larissa no pleito eleitoral de 7 de outubro de 2012, e que também foi empossada neste dia 1º de janeiro, juntamente com o vice-prefeito Wellington (PMDB).

Silveira apenas não obteve o voto do vereador Lairinho Rosado (PSB), que é filho do ex-deputado federal Laíre Rosado e da deputada federal Sandra Rosado (PSB) e irmão da candidata derrotada Larissa Rosado.

SERRA DO MEL

O vereador Fábio Bezerra de Oliveira (PMDB), filho do ex-prefeito Izete Bezerra, e Vandré Veras (PMDB), vereador reeleito no pleito eleitoral de outubro de 2012, foram os eleitos por seus colegas de Parlamento para os cargos de presidente e vice-presidente, respectivamente, da Câmara Municipal.

Integrantes do grupo político que administra Serra do Mel há muito tempo e que teve como último prefeito Josivan Bibiano de Azevedo, Fábio e Vandré não tiveram dificuldade para vencer as eleições na Câmara Municipal, pois a base situacionista no Legislativo deste Município serrano tem sete de um total de nove vereadores.

O detalhe importante dessa eleição da Câmara Municipal é que Fábio Oliveira assumiu, logo após, o cargo de prefeito - interino - da Serra do Mel, e Vandré logo passou ao cargo de presidente do Legislativo municipal.

E assim aconteceu porque, na Serra do Mel, a eleição para os cargos de prefeito e vice-prefeito teve o seu resultado anulado pela Justiça Eleitoral, que realizará no Município novas eleições.

Fábio é filho de Irmã Lúcia Moura, única candidata a prefeito do Município serrano a receber votos válidos, eis que o candidato a prefeito da oposição, sindicalista Manoel Cândido (PT), que recebeu mais votos na eleição passada, teve indeferido o seu registro de candidatura, embora tenha recorrido dessa decisão para instâncias superiores.

Com a ida de Fábio para a Prefeitura, quem assumiu a vaga remanescente na Câmara Municipal foi a primeira suplente Mércia Costa, também do PMDB.

Empossado no cargo de Prefeito do Município, mesmo que em caráter interino, Fábio adquire o direito de disputar a eleição para o cargo de prefeito, em pleito suplementar a ser aprazado pela Justiça Eleitoral, sendo assim um possível candidato à reeleição, o que já é cogitado no Município.

JANDUÍS

Neste Município, assim como em quase todos os demais, houve a posse da prefeita (no caso, Lígia Félix, do PSDB), do vice-prefeito (João Neto) e dos veradores.

No entanto, seguindo-se o Regimento Interno da Câmara Municipal, apenas nesta sexta-feira, 4 de janeiro, é que os vereadores de Janduís escolherão os membros da Mesa Diretora de sua Câmara.

O grupo derrotado para prefeito em outubro de 2012, liderado pelo ex-prefeito Salomão Gurgel Pinheiro (PT), elegeu cinco dos noves vereadores do Município, enquanto que o grupo da prefeita Lígia Félix elegeu quatro.

À exceção de Serra do Mel, os prefeitos e vice-prefeitos empossados neste dia 1º de janeiro terão mandatos até 31 de dezembro de 2016, mesmo período para o mandato dos vereadores, inclusive da Serra do Mel.

Em todas as Câmaras Municipais, os mandatos dos membros das Mesas Diretoras, agora eleitos por seus pares de Casas Legislativas municipais, irão até 31 de dezembro de 2013.

Em alguns Municípios, é permitida a reeleição dentro da mesma legislatura (período legislativo de quatro anos, que coincide com o período do mandato de vereador), e noutros Municípios esta reeleição não é permitida.

Fonte: O Messsiense

Gostou da Postagem?

0 comentários:

Postar um comentário