terça-feira, 25 de dezembro de 2012

DIREITO DE RESPOSTA: CONCEDIDO AO MÉDICO DR. VIDAL GURGEL


Texto enviado por e-mail por Elionaldo Santos em nome do Dr. Vidal Gurgel solicitando publicação, imagem e texto também publicados no cg na mídia

Venho através deste veículo de comunicação esclarecer que em nenhum momento eu, Dr. Vidal Gurgel, me recusei a atender a criança Ana Livia F. Lira, 3 meses, como prova, consta um Boletim de Atendimento de Urgência.

Durante a consulta fui informado pelo acompanhante da criança que a mesma estava sendo medicada e depois do exame clinico não observei nenhum outro sintoma que necessitasse de alterar a medicação em uso e nem prescrever outra. Em seguida orientei que se a criança não melhorasse procurasse atendimento no Hospital de Janduís e se não encontrasse deveria procurar o prefeito de Janduís que é o responsável por manter o atendimento médico na cidade.

Gostaria de esclarecer que o atendimento em Campo Grande é Municipal e não possui obrigação legal de atender as pessoas dos outros municípios e mesmo assim vem fazendo diariamente.

Que os gestores (prefeitos) dos outros municípios sigam o exemplo de BIBI DE NENCA (FRANCISCO DAS CHAGAS E.V. MELO) e de sua equipe de saúde que não deixam faltar médicos em Campo Grande, tendo uma escala de atendimento diário de 24 horas.

POIS É, FALAR EM HUMANIDADE E ETICA É FÁCIL EM UM TEXTO NA INTERNET NO FACEBOOK, O DIFÍCIL É PRATICAR COMO AQUI EM CAMPO GRANDE EM QUE TODOS OS ATENDIMENTOS ESTÃO MANTIDOS PARA OS MUNICIPES, ENQUANTO ISSO VOCÊS DOS OUTROS MUNICÍPIOS ESTÃO SOFRENDO PELO DESCASO DOS SEUS PREFEITOS QUE NÃO ESTÃO CONTRATANDO MÉDICOS. ESSES SIM ESTÃO SENDO DESUMANOS.

E por fim venho informar que tomarei todas as medidas legais para esclarecer este episódio lamentável, onde todos sabem da minha índole profissional e do amor que tenho pela medicina.

Gostou da Postagem?

0 comentários:

Postar um comentário