segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Chambinho do Acordeon é impedido de cantar no plenário do Senado


BRASÍLIA - Chambinho do Acordeon, que interpreta Luiz Gonzaga no filme "Gonzaga de Pai para Filho", passou por um constrangimento no Senado na tarde desta segunda-feira. Levado ao plenário pelo senador Eduardo Suplicy (PT-SP), ele foi impedido de cantar pelo senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR), que presidia a sessão. Recorrendo ao regimento da Casa, Mozarildo alegou que o local não era adequado.

- Não é possível, não tem amparo no regimento. Não é o momento. O senhor pode solicitar uma sessão especial, de homenagem - disse Mozarildo a Suplicy, que ainda insistiu.

O petista já havia anunciado que Chambinho não só cantaria, mas também tocaria acordeon. O sanfoneiro estava de pé ao seu lado, acompanhado pela mulher, pronto para começar. Pela manhã ele participou de cerimônia no Palácio do Planalto, de entrega da Ordem do Mérito Cultural.

- Inúmeras vezes, no plenário do Senado, foram feitas homenagens, até com o coral do Senado - protestou, sem sucesso, Suplicy.

Antes de ir embora, Chambinho ainda deu uma palinha no corredor do Senado, com Suplicy sempre a tiracolo.

Fonte: O Globo

Gostou da Postagem?

0 comentários:

Postar um comentário