sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Calamidade sem fim no Rio Grande do Norte


No dia 4 de Julho de 2012 a Senhora Governadora Rosalba Ciarlini decretava estado de calamidade na saúde pública do Rio Grande do Norte. Com o discurso de dar celeridade às ações para mudar o atendimento na rede pública, a Rosa prometeu empenho e dedicação para resolver o problema catastrófico da saúde no estado e de acordo com a mesma, em 180 dias a situação estaria diferente.

Pois bem, aqui estamos quase 5 meses depois, a pouco mais de 30 dias do prazo estabelecido pela governadora, e de concreto nada foi feito, acredito que se até agora a bagunça generalizada nos hospitais não teve fim, ela dificilmente cumprirá sua palavra, aliás, desonrar a sua palavra já virou clichê governamental.

O que mais esperar desse governo? Será que o decreto de calamidade foi pura e simplesmente para as dispensas de licitação? Será que em 30 dias ela resolverá os problemas do estado? O tempo está esgotando, seria bom que o Ministério Público estivesse de olho nas atitudes desse governo, assim como nós pobres cidadãos que dependemos do sistema público de saúde.

Gostou da Postagem?

0 comentários:

Postar um comentário