quarta-feira, 13 de julho de 2011

Capitais do Nordeste registram recorde de frio, diz Inmet

Várias capitais do Nordeste registraram recorde de frio no ano nesta terça-feira, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Em Maceió, Alagoas, a temperatura mínima foi de 17,6ºC, a menor de 2011. O recorde anterior era de 18,6º, registrado em 3 de maio. Por conta do tempo chuvoso, Maceió também teve uma tarde com temperatura amena, com máxima de 25,5ºC.

Em Natal, a madrugada desta terça-feira foi a mais fria de 2011. A temperatura mínima foi de 20,9ºC, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia. O recorde anterior era de 21,1ºC em 10 de junho. Em Recife, Pernambuco, esta terça-feira foi marcada pelo céu nublado e o tempo chuvoso, o que impediu a elevação normal da temperatura. A tarde desta terça foi a segunda mais fresca de 2011, com temperatura máxima de 25,6ºC. Mas este valor ficou muito próximo do recorde de menor temperatura máxima no Recife, que é de 25,5ºC em 19 de abril.

Em João Pessoa, Paraíba, também por causa do tempo chuvoso que predominou nesta terça-feira, a temperatura teve pouca variação ao longo do dia. A tarde de hoje foi a mais fresca na cidade em 2011, com temperatura máxima de apenas 25ºC, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia. O recorde anterior era de 25,6ºC, em 19 de abril.

A maior parte do Brasil vem tendo dias secos e com muito sol, comuns nesta época do ano. Mas no Nordeste, a chuva aumentou na costa leste e volta a preocupar. A semana começou com chuva constante em áreas do litoral, da zona da mata e do agreste, entre Sergipe e o Rio Grande do Norte. Grandes volumes de chuva voltaram a ser registrados em João Pessoa, em Palmares (Pernambuco) e Maceió.

As áreas de instabilidade que se formaram na costa leste do Nordeste vão persistir por mais 48 horas. Assim, até a quinta-feira, ainda deve chover bastante no litoral, zona da mata e no agreste. O acúmulo de chuva poderá trazer problemas para a população.

Fonte: O Globo

Gostou da Postagem?

0 comentários:

Postar um comentário