quinta-feira, 5 de maio de 2011

UERN Pau dos Ferros - o forno Estudantil

Por Jéferson Carlos


""Enquanto professores da UERN reivindicam melhoria salarial e ameaçam fazer greve, alunos do curso de geografia do CAMEAM passam por sufoco..... “A impressão é estarmos dentro de um forno”.

Jeferson Carlos
Sou Jéferson Carlos, líder estudantil, presidente do Centro Acadêmico Professor Milton Santos de Geografia, e conselheiro tutelar de Pau dos Ferros, o que me levou a fazer, e procurar postar, essa matéria é a falta de respeito que vem tendo o estudante de nível superior de nosso estado, e no caso, o da nossa querida UERN, e mais precisamente o do Campus Avançados Professora Maria Eliza de Albuquerque Maia – CAMEAM. 
 
Como líder, rotineiramente tem ouvido reclamações dos meus colegas a respeito do “sufoco” que eles vêem sofrendo com a falta de ventiladores ou de um condicionador de ar em nossas salas. Eu quem o diga, pois também sou aluno, e esse mesmo “sufoco” venho sofrendo também nas aulas, não só os alunos mas como também os professores.
 
As novas instalações do CAMEAM, a saber, o bloco vertical onde funciona o curso de geografia e o curso de administração foram concluídas as pressas, ou melhor, foram entregues para uso com suas instalações inacabadas, e nós alunos estamos sofrendo por conta disso. Falta, elevador, para facilitar o acesso para portadores de deficiência, ventiladores ou um condicionador de ar, para aliviar o grande calor que faz em nossa cidade, dentre outros.
 
O que acho mais interessante é que se fala em federalizar a UERN. Governantes omissos e parlamentares capachos, não são bons os suficientes para melhorar a educação de nosso estado acham melhor colocar toda responsabilidade para a esfera federal invés de investir e mudar o quadro da educação de nosso estado, como diz o jornalista Boris Casoy “isso é uma vergonha”.
 
Mas o grande motivo que me levou a procurar postar essa matéria, é que como líder procurei o Diretor do Campus Professor Dr. Gilton Sampaio e tratei da situação com o mesmo e como resposta é que não se tem dinheiro para se instalar os ventiladores e nem tão pouco um condicionador de ar, mas ia ver o que poderia fazer, adiantou-me logo que a melhor maneira seria pedir patrocínio, tendo em vista de não se ter dinheiro para praticamente nada; nesses dias procurei mais uma fez o diretor supracitado, e o mesmo me falou que tinha conseguido a fiação, mas faltava outros materiais. Solicitei dele uma lista do material que faltava e assim o fez.  
 
Agora estou pedindo patrocínio para instalar alguns ventiladores.  Ajudem-nos, já que o Estado é omisso e a UERN não tem dinheiro, com o que você puder. A História é construída por nós e o que fazemos hoje será visto no futuro, sabemos que é dever do Estado e direito nosso ter boas instalações na UERN, mas já que ele é omisso, peço a você que se junte a nós para mudar esse quadro.


Gostou da Postagem?

0 comentários:

Postar um comentário