sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Operação da PM prende suspeitos de tráfico de drogas na Praia da Pipa, RN

Sete adultos foram presos e uma adolescente apreendida na tarde desta quinta-feira (31) suspeitos de tráfico de drogas na Praia de Pipa, uma das mais badaladas do litoral Sul do Rio Grande do Norte. Segundo a Polícia Militar, também foram apreendidos dois revólveres, munições, drogas preparadas para consumo e três pés de maconha plantados em vasilhas plásticas.

A operação foi comandada pelo tenente Daniel Costa, de Tibau do Sul, e capitão Cláudio Henrique, responsável pelo policiamento de Goianinha. “Estávamos monitorando a rotina da quadrilha havia três semanas porque esse grupo estava envolvido com a distribuição de drogas na região da Pipa e de Tibau do Sul. Primeiro abordamos quatro suspeitos, houve troca de tiros e um deles conseguir fugir, mas já foi identificado e estamos realizando buscas na região para tentar capturá-lo", relatou o tenente.

Ainda de acordo com Daniel, após a prisão do grupo os policiais foram até as residências dos suspeitos, onde foram encontrados drogas prontas para o consumo, duas armas de fogo e três pés de maconha. "As mulheres de três presos foram detidas, além de uma menor de 14 anos, que foi apreendida porque estava no local consumindo entorpecentes", acrescentou.

Suspeito de matar PM

Ao G1, o tenente Daniel contou ainda que um dos presos é suspeito de estar envolvido no assassinato do policial militar da Paraíba Jenilson da Silva Teixeira, morto durante uma tentativa de assalto ocorrida no dia 24 de junho na cidade de Macaíba, na Grande Natal. Os demais membros da suposta quadrilha já tinha passagem pela polícia por tráfico de drogas e assaltos na região.

Após a prisão, os presos foram encaminhados para a Delegacia de Plantão da Zona Sul de Natal, no bairro de Candelária. "Eles foram autuados por tráfico de drogas, porte ilegal de arma, formação de quadrilha e associação para o tráfico de drogas", afirmou o tenente Daniel.



Fonte: G1

Gostou da Postagem?

0 comentários:

Postar um comentário